Urgente! CBF adia rodadas 7 e 8 do Brasileirão. Foto: Divulgação Internacional

Urgente! CBF adia rodadas 7 e 8 do Brasileirão

[Continua depois da Publicidade]

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol), anunciou a suspensão de duas rodadas do Brasileirão, por conta da tragédia climática no Rio Grande do Sul. Desta maneira, os jogos da sétima e oitava rodadas não vão mais ser disputadas.

Desta maneira, os jogos que aconteceriam neste final de semana e no próximo, serão remarcados. No entanto, ainda não há uma data definida para o retorno.

Cuiabá ganhar folga no calendário do Brasileirão

Urgente! CBF adia rodadas 7 e 8 do Brasileirão. Foto: AssCom Dourado
Urgente! CBF adia rodadas 7 e 8 do Brasileirão. Foto: AssCom Dourado

O Cuiabá foi um dos 15 clubes que pediu o adiamento das rodadas devido aos problemas no Rio Grande do Sul. Desta maneira, o jogo contra o Internacional, neste final de semana, já estava adiado. No entanto, o jogo da oitava rodada, contra o Cruzeiro, também não vai acontecer na data prevista.

No entanto, os jogos das competições internacionais, como Copa Libertadores da América e a Copa Sul-Americana, seguem normalmente. Inclusive, o Dourado tem compromisso contra o Deportivo Garcilaso, do Peru, na noite desta quarta-feira.

[Continua depois da Publicidade]

A CBF enviou uma nota explicando que acatou o pedido dos clubes. Além disso, ressaltou que, até o dia 27 de maio, não vai ter jogo do Campeonato Brasileiro da Série A. No entanto, as rodadas das demais divisões ainda não sofreram alterações.

Inter e Grêmio sem local para jogar

No momento, a maior preocupação no Rio Grande do Sul é salvar vidas e tentar reconstruir as cidades que ficaram debaixo d’água. No entanto, os clubes de futebol também tiveram grande prejuízo.

Por exemplo, o Internacional vai ter que replantar o gramado do estádio Beira-Rio, que ficou submerso por vários dias. Assim como acontece com a Arena do Grêmio, que permanece alagada.

[Continua depois da Publicidade]

Por sua vez, o Colorado deverá ter perda total em seu CT, que ainda está totalmente submerso, a exemplo do rival Grêmio. O Juventude, outro gaúcho que está na Série A, não teve tantos problemas em sua estrutura.

No entanto, tem dificuldade para se deslocar por conta das estradas ainda interditadas. Afinal de contas, mais de 90% das cidades do Rio Grande do Sul declararam estado de calamidade pública.

Desse modo, os três clubes gaúchos pediram a paralisação do campeonato. Além disso, esses outros times também fizeram forte pressão para que o Brasileirão não continue até que a situação se normalize no Sul do país.

Compartilhe o jogo de hoje:
Marcos Eduardo Carvalho
Marcos Eduardo Carvalho

Marcos Eduardo Carvalho, nascido em São José dos Campos, jornalista formado em 1999 pela Unitau (Universidade de Taubaté), e que trabalha atualmente produzindo conteúdos esportivos no portal CenárioMT

Articles: 564